• Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
Remodelação do Centro de Saúde e nova médica abrem perspetivas à melhoria das condições deste serviço público em Pedrógão Grande

Remodelação do Centro de Saúde em marcha e colocação de nova médica de família

Melhoria das condições do serviço público de Saúde em Pedrógão Grande tem novas perspetivas

Há muito que Pedrógão Grande reclama por melhores condições do edifício do Centro de Saúde e também por mais médicos. Em ambas as situações, o Executivo liderado pelo Presidente Valdemar Alves tem conseguido pugnar por desenvolvimentos que cada vez mais veem a luz do dia: no primeiro caso já há acordo com a ARSCentro e a candidatura foi já submetida de forma a dotar o Centro de Saúde de requisitos condignos, à luz dos padrões mínimos de qualidade exigíveis para a prestação de cuidados de saúde primários e unidades de saúde familiar; no segundo, já há uma nova médica de família colocada no Centro de Saúde e a exercer.

Nova Médica já está em atividade e a residir no concelho

Num trabalho concertado, em conjunto com a tutela, o Município de Pedrógão Grande conseguiu a colocação de uma médica de família, que está ao serviço desde dezembro de 2016 e que reside já no Concelho com a sua família. Este reforço é um importante contributo para uma maior capacidade assistencial junto da população, contribuindo para uma maior capacidade dos serviços em responder às necessidades dos utentes, permitindo aumentar o número de utentes que dispõem de médico assistente, condição importante para que se possa cumprir um dos objetivos deste serviço: promover a saúde, prevenir e tratar a doença.

Recorde-se que, presentemente, cerca de 1148 munícipes (39% da população) não têm médico de família.

Candidatura para reabilitação do Centro de Saúde foi já submetida. Acordo com ARSCentro prevê ainda financiamento de equipamentos.

No que concerne ao edifício do Centro de Saúde, um pré-fabricado que se encontra com grandes necessidades de reabilitação, a Câmara Municipal de Pedrógão Grande submeteu a 28 de dezembro a sua candidatura aos fundos europeus do Centro 2020 num investimento total de 368.500 euros, financiados a 85% pelos fundos no montante máximo de 300.000 euros. Nesta candidatura constam, entre outras intervenções, a colocação de uma nova cobertura, a renovação de todo o sistema elétrico e da iluminação, colocação de aquecimento, ventilação e ar condicionado, sistema de deteção e alarme de incêndio, renovação de todas as paredes interiores e exteriores, substituição de portas, estores e janelas com maior capacidade térmica, sistema de acumulação de água quente solar, implementação de WC para pessoas com mobilidade reduzida, e arranjo do espaço circundante ao edifício também ele degradado, nomeadamente, terraplanagem e reparação de pavimentos; drenagem de águas pluviais; sinalização e cobertura do estacionamento.

Em termos de equipamentos, a ARSCentro financiará a remanescente necessidade em conformidade com aquilo que os fundos comunitários não cobrirem, mas que a Direção do Centro de Saúde de Pedrógão Grande sinalize como necessário (listagem de equipamentos com necessidade de aquisição e/ou substituição entregue).

A melhoria das condições interiores, exteriores e circundantes do Centro de Saúde, bem como do seu equipamento, permitirão uma melhoria na capacidade e condições de atendimento a todos os utentes do Centro de Saúde.