• Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
  • Imagens
Assinatura da Escritura de Constituição de Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2 teve lugar em Santa Marta de Penaguião

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO PEDROGUENSE PRESIDE À MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

 assianturaen1peq assianturaen2peq 

Pedrógão Grande foi um dos 21 Municípios que se fizeram representar na constituição formal da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2 (EN2), numa cerimónia realizada no sábado passado, dia 5, em Santa Marta de Penaguião. Mais 10 outros municípios aderiram a este projeto estando apenas a aguardar a aprovação pelas respetivas Assembleias Municipais.

A escritura contou com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Dr. Carlos Miguel, numa cerimónia repleta de simbolismo em que os convidados puderam também assistir a uma amostra cultural e gastronómica, duas das bases da força turística da Associação.

Para Valdemar Alves, Presidente da Câmara de Pedrógão Grande, entretanto eleito Presidente da Assembleia Geral daquela Associação de Municípios, este é mais um “passo nesta caminhada que temos vindo a fazer com muita lealdade e vontade de vencer”, classificando o projeto como “fabuloso”, tratado com “paixão” mas muito realista, que valoriza a “mítica EN2” enquanto “aposta para criar emprego e combater a desertificação do interior, destacando o facto de se tratar de “um projeto suprapartidário”. O Autarca Pedroguense realçou ainda a celeridade deste processo, graças à dinâmica criada pela “Equipa de Trabalho” criada para a constituição da Associação, da qual também fazia parte, e que tornou possível que apenas um ano após a assinatura do protocolo de intenções no qual vários municípios manifestaram o interesse em aderir ao maior projeto turístico de Portugal que une as cidades de Chaves a Faro, a vila penaguiense tenha recebido a escritura da Associação de Municípios da Rota da EN 2 encerrando assim a primeira fase do projeto.

Voltando à cerimónia da constituição legal da Associação, a sessão de boas vindas ficou a cargo dos Cavaquinhos da Universidade Sénior de Vila Pouca de Aguiar, à qual se seguiu o ato da escritura da Associação e dos discursos protocolares.

O autarca penaguiense e líder do projeto, Dr. Luís Machado, mostrou-se bastante satisfeito, considerando ser este “um dia histórico para o poder local de Portugal”, frisando e ressalvando ainda que este projeto “é um projeto de 31 municípios sendo a humanização e internacionalização da EN2 um dos objetivos primordiais do mesmo”. NOTA DE IMPRENSA

Por seu lado, o Secretário de Estado parabenizou todo o processo desenvolvido em torno do projeto, o seu mentor, bem como louvou a preocupação dos autarcas envolvidos na valorização do património local. Frisou saber perfeitamente o quão difícil é conseguir trabalhar com e numa Associação de Municípios acabando assim por dar ainda mais valor à recém-criada Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2. “Esta associação é realmente um feito magnífico, extraordinário. Parabéns!”

Para encerrar a sessão protocolar, o grupo CANTE de Almodôvar, grupo inteiramente feminino, com elementos dos 10 aos 80 anos, entoou cânticos do seu concelho, abrilhantando e diversificando a cerimónia.

De realçar que, antes do descerramento simbólico e comemorativo da réplica do marco e da foto de família, o Salão Nobre dos Paços do concelho de Santa Marta de Penaguião recebeu a primeira assembleia geral da Associação na qual se elegeram os órgãos socais da mesma: o Conselho Diretivo, o Conselho Fiscal e a Assembleia Geral.

A amostra cultural da EN2 continuou com a atuação da Banda Musical da Cumieira de Santa Marta de Penaguião que acompanhou a comitiva até ao Fórum de Atividades, onde foi depois recebida pela Confraria Grão Vasco de Viseu e pela Banda Filarmónica de Pedrogão Grande.

Sendo a Estrada Nacional 2 um palco recheado de boa gastronomia decorreu, no Fórum de Atividades penaguiense, uma amostra gastronómica na qual estiveram presentes os Municípios de Vila Pouca de Aguiar com os seus doces de Castanha, Viseu com os viriatos, Pedrogão Grande com o bucho, Sertã com o maranho e, claro está, Santa Marta de Penaguião com o seu vinho, entre outras iguarias.

Para encerrar este dia memorável, o jantar ficou a cargo do Município de Almodôvar que presentou todos os participantes com o seu “jantarinho de Grão”, oferecido e confecionado por duas cozinheiras almodovarenses que se deslocaram até a vila de Santa Marta de Penaguião e receberam cerca de 300 pessoas que comungaram da inesquecível experiência.